18 maio 2016

Entrevista: Kristen fala sobre, Fantasmas e ser Sensível a Energias em Cannes

Durante a press conference de Personal Shopper, Kristen falou sobre acreditar em algo sobrenatural e também comentou rapidamente sobre as vaias que o filme recebeu em Cannes.
“Se eu acredito em fantasmas? Eu não sei, eu acho que acredito em alguma coisa,”Kristen Stewart disse durante a press conference de Personal Shopper, uma história sobre fantasmas que está na competição de Cannes esse ano.

Durante a conferência ela também disse: “Eu sou muito sensível a energias, e eu realmente acredito que sou guiada por algo que não posso definir. Me da um sentimento de que não estamos sozinhos.”

Dado ao seu passado na Saga Crepúsculo, também lhe perguntaram se ela preferia vampiros ou fantasmas. “Fantasmas,” ela respondeu rápido, sem elaborar.

Discutindo sobre o filme, Stewart disse: “É um filme sobre fantasmas, claro, mas o aspecto sobrenatural o leva para umas questões muito simples.”

Stewart, que também aparece em Café Society de Woody Allen, estava pronta para promover seu último trabalho, dirigido por Olivier Assayas, com quem ela desenvolveu um certo relacionamento, tendo aparecido em Clouds of Sils Maria de 2014, pelo qual ela ganhou um César na França.

“Nós não conversamos muito. Ele nunca responde minhas perguntas.” diz Stewart sobre trabalhar com Assayas. “Há uma comunicação inegável. Ele desperta essa chama em mim que é mais forte do que tudo que já senti.”

Em seu novo filme – que provocou tanto vaias quanto aplausos quando foi exibido para críticos nessa segunda-feira – Stewart interpreta uma jovem americana vivendo em Paris, que quase acredita estar em contato com seu irmão gêmeo.

Stewart e Assayas também falaram sobre as vaias que saudaram o filme em seu final. “Isso acontece comigo as vezes, quando as pessoas não entendem o final,” disse Assayas. “Para mim, é o mais próximo que consigo chegar de um fina feliz. Me desculpe, não consigo ir mais longe que isso.”

Mais tarde, ele acrescentou: “Quando você vem para Cannes, você precisa estar preparado para tudo.”Stewart interveio: “Nem todo mundo vaiou. Vamos ser sinceros.”

Stewart também discutiu sobre o vício das pessoas em celular e tecnologia na era digital, o que é parte do filme. “Eu estive pensando muito sobre distrações ultimamente,” ela disse. “Eu sou totalmente culpada de todos os estímulos que [não são] realmente estimulantes. Isso definitivamente diz muito sobre como nós interagimos com os outros e com a tecnologia. E é assustador.”


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...