04 outubro 2015

Anton Corbijn menciona Robert Pattinson em entrevista a Tages Anzeiger


Robert Pattinson interpreta o fotógrafo. Que conselho você deu a ele?
Meses antes eu lhe dei uma câmera, de modo que a ferramenta faria parte da sua linguagem corporal. Para os fotógrafos naquela época, era como uma segunda pele. Ele também tirou fotos que ele guardava para si, elas não eram muito boas. Mas isso não importava. Era mais sobre que essa era a primeira vez ele estava por trás da câmera e não na frente dela. Para mim foi um prazer perverso. (risos)

Ele é um bom ator?
Ele é muito bom, ele era muito popular e agora ele quer provar que ele é um ator real. Então ele escolhe papéis incomuns. Ele interpreta um fotógrafo no meu filme que quer provar que ele é um bom fotógrafo, ele quase está em um universo paralelo. Dane DeHaan, o nosso James Dean, é um ator completamente diferente, muito profundo, uma representação muito ensaiada. Não se pode ressuscitar James Dean, então você pode pegar um modelo que se parece com James Dean, mas que não atua direito. Ou você pode pegar um bom ator e compensa-lo como Dean. Então você tem que confiar que é graças ao seu ofício que ele aperfeiçoa James Dean. Achei que DeHaan era capaz.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...